Filmes

Liquid Sky

É um filme muito bom mesmo. Ele vai no  cerne da questão sobre a opressão de gênero, não só da divisão homem-mulher, mas aborda a sociedade da liberalização social dos anos 1980.

Segue uma sinopse que encontrei…

Liquid Sky significa “heroína” na gíria novaiorquina da época. Trata-se de uma ficção científica cujo cenário é o mundo da moda e das drogas pesadas em Manhattan.

A trama parece cômica mas o resultado é surpreendente: um disco voador aterrissa no telhado do apartamento de cobertura de uma famosa modelo chamada Margareth [a atriz Anne Carlisle, que também interpreta o assexuado modelo Jimmy].

Oculta, uma minúscula criatura alienígena em uma nave espacial do tamanho e formato de uma antena de tv por assinatura capta as energias do local, ganhando força através de uma substância produzida no cérebro humano no momento do orgasmo.

De quebra, o extraterrestre vai eliminando um a um os parceiros da modelo. O “fenômeno” é acompanhado de perto por um astrofísico alemão pesquisador de ufologia.

O filme apresenta selvagem senso de humor e elaborada técnica visual através de cores estouradas, maquiagem fluorescente, formas que se derretem, muito neon e luz ultravioleta.

O filme pode nos levar a vários debates: estupro, papéis das mulheres como a mãe abnegada, a modelo drogada estuprada, a cafetina que prostitui a namorada, a companheira fiel etc.

Fonte: http://filmow.com/filme/14339/liquid-sky/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s