02. É só sorrir, sorria para eles

21.10.2011

por Ligiane de Meira

Todas as vezes que uma mulher que luta por seus direitos, pública qualquer coisa defendendo seus ideais, sempre é associada a mulheres revoltadas, que possuem problemas com relacionamentos amorosos. E, geralmente, acham que por ser feminista, é lésbica.

Esses tempos veio um conhecido e falou comigo no MSN: Por que você é tão revoltada? Uma moça tão bonita, que tem um sorriso tão lindo é revoltada. Depois ele completou: Você gosta de macho?

Olha, gostaria de explicar certas coisas que parecem inconcebíveis:

1. Feministas lutam por um Brasil mais igualitário, isso não quer dizer que queremos nos comparar aos homens, só que queremos sair na rua de vestido e não ser cantada, ou não correr riscos na noite muito mais que homens apenas por ser mulher;

2. Eu sou totalmente a favor do sorriso, acredito que sorrisos ajudam a levar uma vida mais feliz e positiva, mas não quer dizer que sorrisos sempre vão resolver as coisas. Quando as mulheres queriam votar e não podiam, foi com sorrisos que conseguiram? Ou quando as mulheres queriam direitos trabalhistas, foi com sorrisos que conseguiram? O movimento sufragista em seu início não conseguiu voto com sorrisos, nos EUA mulheres lutaram e lutaram por isso. Quando um homem cantauma mulher na rua, não é com sorriso que vai conseguir que ele pare, pelo contrário, o homem vai achar o máximo e pensar que agradou. Ou estou equivocada?

3. Sim, eu gosto de homem. Não é porque eu sou feminista que quero a morte aos homens ou que eu quero ser igual a homem, só quero ser respeitada como mulher.

O que é engraçado que essas pessoas geralmente pensam que não há desigualdade de gênero na nossa sociedade, que tudo está certo e que as mulheres conseguiram a igualdade perante a sociedade ou que com um sorriso vou conseguir resolver tudo na minha vida.

O sorriso é dado como característica feminina e muita vezes o sorriso é associado à inferioridade. A mulher inferior do jeito que é, tem apenas o sorriso para auxiliar na conquista das coisas, nada mais, não precisa de intelecto, apenas sorrir que as coisas darão certo. Também posso utilizar meu corpo, porque na verdade o que sobra da mulher é apenas a sexualidade não é mesmo? Hora sendo a boa mulher de família, respeitada, hora sendo a mulher com corpo lindo que aparece na TV.

Esse pensamento de que mulheres que lutam por seus direitos muitas vezes é associado a ideia de que feministas não possuem uma vida sexual ativa. Ideia equivocada porque muitas feministas são muito bem resolvidas com sua sexualidade, assim como eu.

A questão a ser apontada é que quando mulheres se manifestam sempre têm alguém para apontar e dizer que é mal amada, não encontrou um homem para mostrar o que é bom na vida e assim por diante.

Felizmente feministas não resumem suas vidas em função dos homens. Visãotentar buscar igualdade sexual perante a sociedade, que nos recrimina tanto se queremos ter mais de um parceiro sexual, se queremos sair de roupas curtas, se não queremos casar ou ter filhos.

Só queremos ter o direito de escolha e sermos respeitadas por isso. Só
queremos poder publicar, discutir, colocar opiniões, como todas as  pessoas que deveriam ter esse direito e nada mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s