“Eu sou homem e você é mulher”

16.05.2011
Por Dea Rebonato

Ultimamente tenho pensado muito nas diferenças entre homens e mulheres. Tenho lido reportagens, livros, assistido filmes, escutado histórias, teorias e passado por situações na minha vida pessoal que acabaram culminando numa onda tsunâmica tão confusa em sua direção que devastou sentimentos, pensamentos, crenças, opiniões e me deixou numa sensação de vazio reflexivo, que acredito, todos passamos uma hora ou outra na vida.

Toda essa onda me levou a um refletir diferente, a um pensar no geral do mundo. Meu coração deu um basta em olhar para o próprio umbigo e percebeu que toda a história da sociedade do seu início ao momento atual fez com que essa onda se formasseem mim. Eu, uma única pessoa fui devastada por uma onda do mundo e porque eu, essa única pessoa então, não posso tentar fazer a diferença nesse mundo que me devastou? Posso e devo, pois é para essa missão que estamos aqui, não para enfeitar a Terra como bibelôs, mas para fazer a diferença.

Uma dessas diferenças tão responsável pela onda tsunâmica que acometeu meus pobres cérebro e coração é exatamente a guerra entre os sexos que ocorre na sociedade desde há muito e hoje está em seu apogeu, num clima de tensão tão absurdamente grande que os relacionamentos hoje estão cada vez mais difíceis, pois de forma displicente, escondida e rasteira lá está ela, em cada discussão de direitos, deveres e “você fez isso”, e “você aquilo”, “você é assim e eu não sou”, culminando no chavão de todos os entraves amorosos: “Eu sou homem e você é mulher, somos diferentes e ponto”.

Sim, somos diferentes e temos que aceitar as diferenças. Ora, se fossemos para ser iguais Deus não faria homem e mulher e sim um ser só autoreprodutivo como as bactérias, por exemplo. Mas não, Ele fez questão de criar dois seres tão diferentes que se completam em tais diferenças e a tentativa de igualdade extrema só nos levará a decadência total da espécie e dos relacionamentos. A luta pela igualdade de direitos é mais do que digna, é absolutamente necessária, mas é preciso analisar até que ponto não estamos almejando ser um só.

E para falar de igualdade de direitos frente às diferenças entre os sexos, verso hoje, sobre uma diferença vulgarizada e utilizada pela grande maioria dos homens como desculpa para atos moralmente falhos.

Acredito que nós mulheres temos que lutar sim, e muito contra o machismo disfarçado que impera em pleno século XXI: contra a desigualdade de salários e preconceitos em entrevistas de emprego. O foco agora está na luta contra o mais conhecido e ridículo discurso de um homem que toda mulher já ouviu na vida “Eu posso pegar todas, sair para farra, trair, mentir, omitir, ter várias mulheres ao mesmo tempo, pois eu sou homem, isso é ser macho, ou você prefere um certinho babaca?” Que mulher nunca escutou essa afirmativa de um homem, amigo, ficante, namorado, marido, enfim…

Aliás, existe uma cena no filme Frida que me chamou muito a atenção para esse tópico. Frida, casada com o pintor Diego Rivera, que revelou a esposa no dia do casamento que não nasceu para ser fiel, traiu-a praticamente com toda a cidade inclusive com sua irmã. Pedido o divórcio por Frida que já não suportava mais a humilhação, ela teve um romance com o russo Trotski exilado no México. Ao saber do romance dos dois, Diego Rivera aponta o dedo para Frida e grita com ela na rua dizendo tremendo de raiva: “Você me magoou muito, não era quem eu esperava que fosse”

A cena teve duas visões que acompanhei, a de um homem e de uma mulher, a quem contei chocada tal atitude de Diego tendo em vista sua “honra”. A mulher ficou tão indignada quanto eu, imaginando com que moral aquele homem infiel poderia indagar Frida por ter se envolvido com alguém depois do divórcio. Porém a do homem, já não foi a mesma, podem rir, pois é digno de se dar risada de tal opinião mas sabe em que o homem focou? “Ele sempre foi sincero com ela, sempre disse que não seria fiel e se a irmã dela ficou com ele é porque não valia nada, não prestava, por quê ela pediu o divórcio se já sabia previamente a “personalidade” dele e se a irmã era uma vagabunda?” (perdoem a expressão mas tenho que ser condizente com o que ouvi)

Essas afirmativas nos mostram que o machismo existente há anos e ainda impera em nossa sociedade. Se tais falas não são a maior amostra disto não sei qual amostra mais será necessária.

O homem se prevalece pelo fato de que, biologicamente todos os machos do reino animal produzem milhões de espermatozóides a cada dia e tem um tesão absolutamente fácil e integralmente carnal. Verdade, concordo, estudei por dois anos a biotecnologia da reprodução animal em meu curso de veterinária e vi com meus próprios olhos que porcos (ou cachaços -nome dado aos reprodutores) e os cavalos (os garanhões) produziam litros de esperma para coleta somente com um molde extremamente mal feito e de ferro da anca de uma porca ou potranca. Mas aviso aos homens: vocês são humanos e tem capacidade de raciocínio e controle sobre seus instintos, tem capacidade de refletir e, principalmente, vocês tem capacidade de amar.

O biológico, diante da maravilhosa máquina de sentimentos e pensamentos que nós humanos recebemos como dom de Deus, é um simples detalhe que pode ser aflorado ou controlado conforme nossa própria vontade, valores, sentimentos. Por isso, na próxima vez que você encontrar um homem que diga que pra ser macho ele tem que pegar (aliás, detesto esse termo, mas isso fica para uma próxima discussão) várias mulheres e quanto mais mulheres ele beijar, amassar entre outras coisas mais homem ele é, desista de tentar explicar que as coisas não são assim se ele te afirmar isso mais de duas vezes depois da sua argumentação. Esse veio ao mundo como os cachaços e garanhões, não pensa. Homem de verdade é aquele que sente, reflete, respeita e ama uma mulher.

Uma resposta para “Eu sou homem e você é mulher”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s